quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Aquele momento que a gente pensa que não vai mais ter fim

Olá pra todos,

Estou atravessando uma fase muito ruim que penso eu parece que não vai acabar nunca.
Meu blog é Papo de Mulher onde o assunto maior é buscar um peso saudável.
Mas, como ter um peso saudável sem saúde?



Estou assim, tantos problemas de saúde que ultimamente não lembro de me preocupar com meu peso. Sou extremamente compulsiva e ansiosa, e o fato de depender do SUS tem feito eu perder a paciência outro dia.

Por que aqui funciona assim, eu tenho direito de usar outra unidade do SUS se não tiver a especialidade no meu bairro. No caso, só tem um clínico geral no meu bairro e ele é usuário de droga, outro dia estava na frente do posto esperando o ônibus e vi quando a mulher dele saiu com o carro do estacionamento com ele dentro do carro mas com a cabeça pra fora da janela olhando não sei o que pra cima e rindo. Doidão... e o ginecologista é um senhor de 70 e poucos anos que tem aquela tremedeira típica do alcoólatra. SIM ele foi (ou é não sei) usuário de drogas mas o pior lado dele é a bebida. E sei que até 5 anos atrás ele ainda melava o pé na cachaça por que minha filha mais velha trabalhava numa adega e ele ia lá quase todo dia comprar bebida e sempre gastava um valor substancial em uisque e vodka. Então é na mão desses "médicos" que tenho que passar.
Consegui um atendimento com um clínico em outro bairro por que o dr drogado que atende no meu bairro estava de licença "médica". Mas não é novidade para ninguém na cidade que a licença dele é a droga. Cidade pequena... sabe de tudo. Mas só consegui ser atendida por que escrevi para a ouvidoria do SUS dizendo tudo isso desses dois"médicos" e ameacei chamar a TV TEM, ou sei lá qualquer outra.

Como sou propensa a depressão por já ter vivido duas fases que exigiram um acompanhamento intensivo com psicoterapia e psiquiatra essa fase que estou atravessando está me derrubando. De outubro até final de janeiro já gastei quase dois mil reais com consulta, exame e medicamento para tratar a falta de ferro no sangue. Mas sexta tenho outro exame para buscar, R$ 163,00 e segunda a consulta para levar o exame para ver como está o ferro depois do tratamento intravenoso. A consulta - R$ 250,00 que certamente vai gerar nova receita e novos gastos

GHEGAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

NÃO aguento mais, até o momento minha decisão é: não vou buscar o exame e não vou mais no médico. O que adianta ficar gastando tudo isso para repor ferro se estou entupida de miomas e a moça da ouvidoria me liga dizendo para eu ter paciência que não há previsão de cirurgia. Não dá, enquanto não operar as hemorragias continuarão e a perda de ferro é certa. Estou tomando o noripurum que custa R$ 50,00 cada caixinha. E só o que vou fazer. Não tenho nem mais ânimo de ficar preparando refeições que contribuem para isso. Não consigo ficar em pé na pia para ficar preparando alimentos por que estou com os dois pés cheios de pelotes e dor que dá é insuportável, já cheguei a pensar em comprar uma bengala para andar dentro de casa, pois na rua já quase não saio mesmo. Falei sobre isso e até postei a foto dos pés como estão AQUI

Por isso estou afastada do blog. Futuramente espero voltar com melhores notícias.
Um abraço!
Felicidades e sucesso pra vocês, continuem firme ai!
Não sei quando, mas volto!


2 comentários:

Rô(QuerendoeAprendendo) disse...

Puxa Lucélia imagino o que está passando, saúde é tudo na vida da gente, só porque meus óculos não deram certo já fiquei toda estressada, desejo melhoras amiga, ficar na mão desses médicos ninguém merece, mas pede a Deus que ele dará um novo caminho, fique bem, bjs Rô.

Luana disse...

nossa amiga!!!
espero de verdade que resolva tudo isso!!
Que Deus esteja com voce nesse momento! Estarei aqui orando por vc viu!
beijos